Pular para o conteúdo principal

Como fazer um script eficaz para atendimento

Um script eficaz exige muito mais do seu autor do que apenas passar as informações que o cliente precisa saber sobre o produto. Mas, você sabe como construi um?

No mundo atual, prender a atenção de uma pessoa do outro lado da linha é uma missão cada vez mais difícil e para isso as empresas de contact center têm se preparado.

Aquele texto robotizado que parece ser proclamado por uma máquina, e que não está aberto a perguntas ou interrupções, ficou no passado. O diretor de clientes da empresa Atento Flávio Henrique Ribeiro diz que os roteiros das operações são feitos em conjunto com o cliente, buscando aperfeiçoar o atendimento. “A empresa se dedica a conhecer a fundo cada operação. Procuramos desenvolver linhas de argumentação para evitar a robotização no atendimento”, afirma Ribeiro.

Apesar desse engajamento entre empresa e cliente, o diretor ressalta que é necessário certificar-se de que o operador está no ambiente certo. Cada pessoa tem um perfil diferente e não há roteiro que faça um especialista em atendimento vender produtos com a máxima eficácia. “De nada adiantaria ter a melhor tecnologia e os melhores processos se não contássemos com as pessoas certas no lugar certo”, afirma o diretor da Atento.

Nem todas as operações precisam seguir o script à risca. Atendimento de cobrança, por exemplo, dá uma margem de negociação para o operador que tem a missão de recuperar valores para a instituição credora. “É importante criar linhas de raciocínio, pois seguir apenas o roteiro não garante um atendimento com excelência”, afirma Ribeiro.

Script atrelado a treinamento é receita de sucesso

Além de um bom suporte para o atendimento, o operador precisa de um bom preparo. Muitas empresas investem em treinamentos iniciais e reciclagens periódicas como medida para garantir um atendimento excelente. A Atento, por exemplo, investiu cerca de R$10 milhões em educação corporativa em 2009.
Acima de qualquer material ou treinamento que a empresa coloque à disposição do operador é muito importante que este acredite no produto e é essa uma das funções do treinamento. “Oferecemos treinamento especializado, para que os profissionais conheçam e valorizem o produto ou serviço que representam”, afirma Ribeiro.

Os cinco passos para um script assertivo
  1. Esqueça a robotização – O script deve ser um roteiro de ligação, não um texto a ser proclamado. Dê subsídios para que o operador possa conduzir o contato de forma atraente. Não o engesse com um roteiro de mão única;
  2. Dê espaço para o cliente – Cada vez mais os clientes querem ter voz ativa. Saliente nos scripts e roteiros que o operador pode e deve dar espaço para que o cliente exponha suas dúvidas, sugestões ou insatisfações;
  3. Reciclagens periódicos – Só a divulgação do texto pode não surtir o efeito desejado. Realize reciclagens e reuniões de entendimento sempre que surgir algum processo novo que exija nova condução do contato;
  4. Operador certo no lugar certo – Trace o perfil do operador antes de colocá-lo no atendimento. Certifique-se de que o profissional está alocado na operação certa;
  5. Acesso fácil – Facilite a localização do script no Book Info da operação. Crie caminhos lógicos que façam com o que operador localize a informação certa para cada caso.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

eSocial - O que é?

O eSocial
O eSocial é dos componentes do Sistema Público de Escrituração Digital ( SPED) instituído por meio do Decreto nº 8.373/2014. Sua função principal é formalizar digitalmente as informações trabalhistas, previdenciárias e fiscais relativas a todos os empregados e empregadores, tanto da iniciativa privada quanto pública.
Todos os empregadores pessoa física ou jurídica, urbana ou rural, cooperativas, instituições sem fins lucrativos e administração publica municipal, estadual e federal, estão obrigados ao cumprimento das normas e prazos previstos para a entrega dos eventos do esocial.

Objetivos

Substituir de forma gradualvárias obrigações acessórias, na qual possibilitará a correta apuração dos tributos, contribuições e do FGTS;

Substituição das principais obrigações acessórias como: Sefip/Gfip, Grrf, Caged, Dirf, Rais, CAT, LTCAT, PPP e Livro de Registro de Empregados;

Reduzir a redundância de informações;

Garantir os direitos dos Trabalhadores;

Simplificar o cumprimento das obrigações p…

Contact Centers: como testes e monitoramento podem tornar o trabalho dos agentes mais fácil

Publicado em 20/01/2011 por Valentín Valle Em artigo exclusivo para o Portal Call Center Valentín Valle, diretor de desenvolvimento de negócios da Empirix para a América Latina, explica como facilitar o trabalho dos agentes de atendimento.
De acordo com um estudo realizado pela E-Consulting, em 2010, a expectativa é que o faturamento do setor de contact center no Brasil seja de aproximadamente R$ 26 bilhões, em comparação a R$ 23 bilhões no ano anterior. Acompanhando esse crescimento, a previsão é que o número de funcionários aumente de 1,33 milhão para 1,39 milhão de profissionais que trabalham nesse mercado fundamental para o sucesso dos negócios das empresas.
Frequentemente, o setor de contact center também representa a primeira oportunidade de emprego de muitos jovens, que estão iniciando suas carreiras.Uma prioridade  constante dos contact centers é descobrir uma forma de proporcionar tecnologias e ferramentas fáceis de usar, com informações úteis, e que realmente facilitem o trabal…

Está com dificuldade em organizar seu tempo? Veja aqui algumas dicas!

O tempo...
Não existe recurso mais valioso e escasso que o tempo. E também não há no mundo dinheiro que faça o tempo voltar.
Saber administrar o tempo é uma das ações mais importantes que o ser humano pode fazer para melhorar suas chances de sucesso no dia e nos negócios.
O mundo está cada vez mais corrido e agitado. A tecnologia nos deu o poder do imediatismo, estamos cada vez mais conectados, temos as informações que queremos e quando queremos na palma da nossa mão. Com a facilidade em obter informações, parece que o tempo está cada vez menor para realizarmos nossas tarefas diárias, 24 horas já não são o suficiente para um dia.
Mas o que fazer? Onde está o erro?
Sabemos que não é possível aumentar o dia para 25 horas ou mais e mesmo que fosse, não seria a solução. É preciso saber priorizar o que é urgente do que é importante, criar uma rotina, executar uma tarefa de cada vez e se organizar.
Que tal fazer uma gestão das tarefas e tempo utilizando a  tecnologia a seu favor?
Eu por diversas…