Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2010

Quais os caminhos para o RH entender a cultura da empresa?

Patrícia Bispo

O DNA da empresa. É dessa forma que muitos especialistas organizacionais consideram a cultura organizacional, afinal é através dela que se revelam os valores, a missão e a visão que norteiam como as pessoas devem ou não agir no dia a dia. Vale ressaltar que o comportamento dos profissionais também influencia a cultura corporativa, isso porque são as pessoas que fazem as empresas. Isso faz com que a área de Recursos Humanos necessite entender, de fato, a cultura da empresa Só assim realizará uma atuação estratégica. Confira abaixo algumas ações simples, mas que facilitam o RH a assimilar o DNA da corporação em ele atua.
1 - A cultura organizacional revela-se através dos colaboradores, ou seja, da forma como eles agem no dia a dia. Para isso, o profissional de Recursos Humanos precisa sair da sua sala e não ficar apenas "atrás da mesa". Ou seja, valorizar a comunicação face a face.
2 - Conversar, sempre que possível, com os profissionais dos variados departamentos…

Cursos 24 horas

Prezados amigos e amigas,
O Cursos 24 Horas, é uma empresa inscrita sob o CNPJ 09.428.468/0001-56 e fundada em 2002 com a missão de possibilitar o acesso à educação de qualidade para o maior número de pessoas. Desde então já qualificou mais de 120 mil alunos de todas as regiões do Brasil.
O nome Cursos 24 Horas é uma referência ao fato dos cursos ficarem disponíveis para acesso dos alunos durante 24 horas por dia, em todos os dias, incluindo sábados, domingos e feriados. Metodologia
Após iniciar o curso, o aluno pode acessá-lo no seu tempo disponível, sem compromisso com dias ou horários fixos. Não há prazo mínimo ou máximo para concluir um curso, cada aluno faz no seu próprio ritmo e conclui no tempo que desejar. Os cursos contam com material didático que pode ser impresso, além de uma equipe de tutores para tirar todas as dúvidas. Cada curso conta com dois módulos, com uma avaliação ao final de cada um deles. Certificação
Imediatamente após conclui…

10 dicas estratégicas para contratar o profissional certo

Uma vaga surge na empresa. O departamento de RH é acionado para realizar um processo seletivo, mas uma observação é feita pela liderança que ficará responsável pelo colaborador recém-contratado: "Encontre a pessoa certa, pois as atividades são de extrema relevância ao negocio". Seria ótimo que todo selecionador tivesse uma "bola de cristal" ou uma "varinha de condão" para encontrar o profissional perfeito para aquele cargo. Como não é possível usar recursos dos contos de fadas, o responsável pelo processo de R&S pode valer-se de algumas precauções que aumentarão significativamente as chances de contratar o talento que tanto a empresa necessita. Confira dez dicas que podem ser valiosas em uma seleção.
1 - Converse antecipadamente com o gestor que solicitou o preenchimento da vaga. Seja objetivo e pergunte diretamente quais as competências técnicas e comportamentais que ele considera indispensáveis para o profissional que será contratado.
2 - Saiba qual a…

As 7 leis da liderança eficaz

Luís Sérgio Lico
Luís Sérgio Lico é Filósofo, Consultor, Escritor e Conferencista. Desenvolve Treinamentos Organizacionais Transformadores e Palestras de Alto Impacto em Motivação. Especialista em Excelência Profissional é Professor Universitário e Autor do Livro: O Profissional Invisível. + textos de Luís Sérgio Lico Dizem que existe um mistério no mundo e ele se reflete na causalidade, ou seja, na forma pela qual as coisas acontecem deste ou daquele modo. Nas organizações não poderia ser diferente, só que é mais simples de analisar que o mundo em suas complexas inter-relações, pelo menos é um ambiente restrito. E neste ambiente, nada mais importante que saber fazer as coisas acontecerem em suas programações esperadas, ou seja, liderar. Mas o que é importante mesmo para um líder?
Basta dar uma busca pela internet e ver o resultado quando o tema é liderança. Centenas de pessoas falam sobre liderança, suas vantagens e necessidades. A maioria chove no molhado, ao dizer que o …

Seleção por Competência

Identificação das competências e habilidades técnico-operacionais, pessoais e gerenciais para todos os cargos. Na seleção de pessoal, treinamento, remuneração, administração de talentos, carreira, sucessão e avaliação de desempenho é necessário considerar as competências dos cargos. A seleção por competências é fundamentada em fatos reais e mensuráveis como as capacidades, os atributos e as qualidades comportamentais.
No mercado atual, a seleção por competências vem ganhando espaço nas organizações. Por que através dela diminuímos as chances da seleção dar errada, sendo capaz de medir cada habilidade que os profissionais possuem para um bom desempenho no cargo.
Vantagens da seleção por competências: mais objetiva, processo sistemático;maior facilidade na avaliação do desempenho futuro;maior garantia de uma contratação de sucesso;maior adequação do profissional à empresa;turnover mais baixo, maior produtividade.

O barulho de uma carroça

Certa manhã, meu pai, muito sábio, convidou-me a dar um passeio no bosque e eu aceitei com prazer. 
Ele se deteve numa clareira e depois de um pequeno silêncio me perguntou:
- Além do cantar dos pássaros, você está ouvindo mais alguma coisa?
Apurei os ouvidos alguns segundos e respondi:
- Estou ouvindo um barulho de carroça
- Isso mesmo, disse meu pai, é uma carroça vazia.
Perguntei a meu pai:
- Como pode saber que a carroça está vazia, se ainda não a vimos?
- Ora, ele respondeu, é muito fácil saber que uma carroça está vazia por causa do barulho. Quanto mais vazia a carroça maior é o barulho que faz.
Tornei-me adulto e até hoje, quando vejo uma pessoa falando demais, gritando para intimidar, tratando o próximo com grossura, de forma inoportuna, prepotente, interrompendo a conversa de todo mundo e querendo demonstrar que é a dona da razão e da verdade absoluta, tenho a impressão de ouvir a voz do meu pai dizendo: quanto mais vazia a carroça, mais barulho ela faz..."

(Autor desconhecido)*

Bullying não ocorre apenas em escolas, mas no trabalho também

Bullying. Já faz algum tempo que essa palavra se tornou conhecida nas escolas. Ocorre quando uma criança, um professor ou outro funcionário sofre humilhações, muitas vezes disfarçadas de brincadeira. Porém, a prática que tem consequências psicológicas não acontece exclusivamente nas escolas, mas também no ambiente de trabalho. "Não se pode dizer que é comum, mas existe. O bullying pode ser verbal ou psicológico e acontece quando alguém exerce poder sobre um grupo mais fraco", explica a psicóloga e psicoterapeuta, Clarice Barbosa. Ela explica que é mais comum que quem apresente esse comportamento ocupe um cargo de chefia, mas, muitas vezes, também é possível identificá-lo em um colega do mesmo nível. 
Quem pratica o bullying no trabalho tem interesse em subir na empresa - ou em manter seu cargo (no caso dos chefes) - e faz qualquer coisa para se sair bem, sem pensar nos outros. Mas é preciso saber diferenciar essa situação de um conflito normal de trabalho. O bullying caracteriza…

Os 10 perfis de liderança mais comuns

Líderes eficazes reúnem as seguintes características:
Saber mostrar os pontos fracos: Significa admitir que você fica irritado na segunda pela manhã, que é um pouco desorganizado, etc. O efeito de admitir  um imperfeição enfatiza a autenticidade do ser humano. Mas saber relevar é uma arte, tenha cautela.Confiar na intuição: Lideres influentes têam a sensibilidade para perceber as situações do ambiente sem precisar de explicações.Se empático com os funcionários: O verdadeiro líder age de forma singular, ou seja, tem empatia sem concessões. Isso significa dar aos liderados o que eles precisam, não o que querem.Exibir as diferenças: A maioria dos líderes não sabe quais suas características marcantes. É com o tempo que eles desenvolvem essa noção e aprendem a usar esses traços da melhor forma possível. No ambiente corporativo é possível encontrar diversos estilos de liderança nas equipes. Existem aqueles mais liberais, outros autoritários, alguns gostam de construir laços mais próximos c…

A importância de se avaliar o clima organizacional

O clima organizacional é o ambiente humano dentro do qual as pessoas de uma organização fazem seu trabalho.Pode referir ao ambiente dentro de um departamento, de uma fábrica ou de uma empresa inteira. Ele não pode ser tocado ou visualizado mas, pode ser percebido psicologicamente. 
O termo clima organizacional refere-se aos aspectos internos da organização que levam à provocação de diferentes espécies de motivação nos seus participantes. Ele faz parte da qualidade do ambiente organizacional, sendo percebido pelos participantes da empresa e que influencia o comportamento das pessoas nas organizações. Afeta a motivação, o desempenho humano e a satisfação no trabalho. Através dele as pessoas esperam recompensas, satisfações e frustrações. 
Essas expectativas geralmente levam à motivação. O clima organizacional depende das condições econômicas da empresa, da estrutura organizacional, da cultura organizacional, das oportunidades de participação pessoal, do significado do trabalh…