Pular para o conteúdo principal

Bom atendimento é inesquecível para o consumidor


Bom atendimento é inesquecível para o consumidor

Publicado em 09/12/2010 por Sérgio Nardi
 
Técnicas, dicas, elementos de atenção são algumas das palavras chaves na reavaliação da metodologia de trabalho. Algumas características no atendimento podem o tornar referência no mercado e inesquecível para o consumidor

Crises de todos os tipos, econômicas, financeiras, de consumo e de credibilidade, assolam o mercado de tempos em tempos, estimulando a criação e o desenvolvimento de novas técnicas em diversas áreas, com o intuito de melhorar ou recuperar o desempenho de empresas e produtos.

Fórmulas complicadas, modismos corporativos, gurus da vez, releituras de mecanismos assertivos e muitas outras invenções procuram criar soluções para todos os tipos de mazelas corporativas, provocadas por crises cíclicas, como forma de evitar a acomodação natural nos tempos de bonança.

A experiência no acompanhamento de crises profundas, como o estouro da bolha ponto com e, mais recentemente, a crise financeira e de confiança provocada pelo subprime americano leva a uma melhor avaliação da importância do atendimento na política corporativa das empresas de sucesso.

O atendimento, um item simples dentro da política de vendas das corporações, tornou-se uma ferramenta de aplicação ampla em todas as áreas e níveis hierárquicos, do operacional até ao topo do organograma.

Para a elaboração de um planejamento mais apurado nas organizações, o primeiro passo é a quebra do objetivo principal em etapas ou processos menores, que serão distribuídos pelos gestores responsáveis (por área, unidade de negócio, departamento, etc.), para ser executado durante o ano ou em determinado período. 

É necessário nesse processo que as empresa considerem três aspectos: excelência operacional, liderança de produto ou serviço e intimidade com o cliente (atendimento). 

A empresa não pode eleger mais de uma dessas disciplinas como foco principal, pois perderá a direção, já que em alguns momentos se tornam contraditórias.  Quando a empresa opta pela excelência operacional, pode buscar não somente qualidade e eficácia, mas também produtividade, que vem sempre atrelada a baixo custo.  Neste momento, seu foco será interno, visando aumentar a produtividade, eficácia e usar seus recursos humanos ou máquinas no limite máximo, para atingir a excelência operacional. 

Na outra ponta temos a disciplina da intimidade com o cliente, onde é preciso utilizar um tempo maior para entender melhor o que cada cliente deseja.  É preciso realizar visitas freqüentes para sensibilizá-lo, propor alternativas de soluções, discutir detalhadamente as propostas, efetuar inúmeras rodadas de apresentações e negociações.  Com este pequeno exemplo já podemos ver que a balança não se estabiliza, pois, de um lado, falamos em produtividade (um vendedor para vários clientes) e, de outro, de intimidade com o cliente, o que requer um vendedor para cada cliente e, às vezes, até uma equipe por cliente, no caso corporativo e no famoso corpo-a-corpo vendedor-cliente, no caso do varejo.

Se sua empresa tem o foco no cliente e no atendimento personalizado é preciso conscientizar, demonstrar, capacitar e organizar as pessoas em torno da ferramenta atendimento, a fim de torná-la eficaz e respeitável em todos os níveis hierárquicos da empresa, transformando todos em agentes e facilitadores indiretos na negociação com o cliente.

A interação da empresa com o profissional de vendas tem o propósito único de satisfazer plenamente o cliente, consolidar a venda presente e tornar possível a venda futura.

Após o entrosamento empresa-vendedor e entendimento da necessidade de coexistência harmoniosa entre as partes, o investimento, as análises, percepções e casos irão ajudar a distinguir o simples vendedor do vendedor de sucesso.

Técnicas, dicas, elementos de atenção são algumas das palavras chaves na reavaliação da metodologia de trabalho. Experiências e oportunidades associadas a características marcantes do bom vendedor, como dedicação, empenho e força de vontade transformarão a recepção padrão em um atendimento de sucesso, referência para o mercado e inesquecível para o consumidor.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Novas regras para o seguro desemprego

A nova regra determina que o empregado que negar duas vezes a uma vaga de mercado ficará sem o seguro. Os trabalhadores que dependerem do seguro desemprego devem ficar atentos às novas regras do Governo Federal. Entre as novidades estão a suspensão do benefício para quem recusar a segunda oferta de emprego de trabalho. O Secretário de Estado de Assistência Social e Direitos Humanos informa que a regra já entrou em vigor dês do dia 04/04/2011. Na prática, isso significa que o trabalhador, ao dar entrada no seguro desemprego, vai fazer um cadastro com o seu perfil profissional. Esses dados serão compartilhados automaticamente entre as empresas que estão com vagas em aberto, via internet. Caso seja detectado que há vaga que combine com o perfil do trabalhador, será feito o encaminhamento pelo Sine. Se a empresa entender que o perfil daquele profissional atende ao que está sendo pleiteado, o trabalhador poderá ser empregado. O desejo da criação da nova regra parte do pressuposto que todos os tr…

Como fazer um script eficaz para atendimento

Um script eficaz exige muito mais do seu autor do que apenas passar as informações que o cliente precisa saber sobre o produto. Mas, você sabe como construi um?

No mundo atual, prender a atenção de uma pessoa do outro lado da linha é uma missão cada vez mais difícil e para isso as empresas de contact center têm se preparado.

Aquele texto robotizado que parece ser proclamado por uma máquina, e que não está aberto a perguntas ou interrupções, ficou no passado. O diretor de clientes da empresa Atento Flávio Henrique Ribeiro diz que os roteiros das operações são feitos em conjunto com o cliente, buscando aperfeiçoar o atendimento. “A empresa se dedica a conhecer a fundo cada operação. Procuramos desenvolver linhas de argumentação para evitar a robotização no atendimento”, afirma Ribeiro.

Apesar desse engajamento entre empresa e cliente, o diretor ressalta que é necessário certificar-se de que o operador está no ambiente certo. Cada pessoa tem um perfil diferente e não há roteir…

As vantagens e desvantagens da Dinâmica de Grupo

Apesar de ser temida por alguns candidatos, especialista garante que técnica pode identificar características necessárias para a vaga.Em processos seletivos de diversas empresas, a fase que segue a seleção do currículo é a famosa Dinâmica de Grupo – para receio de muitos candidatos, que consideram essa a etapa mais difícil, principalmente para os mais tímidos e introspectivos. Porém, para o selecionador, as atividades em grupo solicitadas durante o processo, quando bem aplicadas, são capazes de mostrar características e habilidades que serão necessárias para determinada vaga.
As Dinâmicas de Grupo são muito usadas para seleção de estagiários ou trainees. Na seleção de cargos executivos e gerências, são raros os processos que incluem a entrevista em grupo. "O querem observar nesses processos é interação entre os candidatos. Os especialistas vão buscar sinais de liderança, capacidade de trabalho em equipe ou o contrário, tudo dependendo do perfil que a vaga em questão ex…