Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2011

Há empregos. Estado bem-servido

O setor de serviços continua a puxar a criação de novos postos de trabalho no Espírito Santo. Só em junho, mês de queda na geração de vagas, a atividade abriu 844 empregos formais no Estado.

Com os grandes projetos industriais ainda no papel, a economia mundial patinando e os governos federal e estadual ainda em início de mandato, é justamente a força do mercado interno que possibilitará a abertura dos 30 mil novos postos de trabalho esperados pela Secretaria de Estado de Assistência Social, Trabalho e Direitos Humanos este ano no Estado. Até agora, foram 28.105.

No primeiro semestre de 2011, a prestação de serviços foi responsável por 9.428 novas vagas. A agropecuária, empurrada pelo início da colheita do café, abriu 7.614 postos de trabalho com carteira assinada.

Construção civil e indústria de transformação contrataram, respectivamente, 3.431 e 2.899 nos primeiros seis meses do ano. Esses números são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados ontem em Brasília…

Amizade a toda prova

Os laços são importantes para a socialização. Uma pessoa ao lado dá mais alegria à vida.

Laila Magesk

"A vida é muito melhor quando temos amigos". A frase é da funcionária pública Vera Maria Lima, que dedica hoje, no Dia do Amigo, a sua eterna gratidão à amiga Grace Fraga. Vera não mora apenas no lado esquerdo do peito de Grace, mas também já conviveu debaixo do mesmo teto da amiga, que a acolheu de braços abertos no momento em que ela mais precisou.

Tudo começou quando Vera, com apenas de 17 anos, precisava de um lugar para morar na Capital. "Ela veio de Muqui morar na casa dos meus pais, mas como minha mãe voltou para o interior, Vera não tinha onde ficar. Nessa época eu já estava casada e ela foi morar na minha casa", conta Grace.

Foram cinco anos de convivência e, de tão próximas, Vera acabou se tornando a segunda mãe das filhas de Grace. Hoje, elas têm vinte anos de amizade. "Quando Vera morava comigo, eu me separei e ela me ajudou demais, principalmente, com…